Quinta-feira, 1 de Julho de 2010

Cartões de Crédito

Os pagamentos com cartões de crédito - e débito - estão a aumentar. Entre nós, fica a dúvida: estarão os portugueses a recorrer mais a esta forma de pagamento pelo seu carácter prático, ou o recurso aos cartões de crédito é um sintoma da crise económica? Em que situações são os cartões de crédito realmente vantajosos?

 

Para que não fique com dúvidas A Cor do Dinheiro vai investigar esta semana a oferta de Cartões de Crédito em Portugal. Vamos falar com Tiago Oom, Director de Emissão da UNICRE, empresa especializada na gestão e emissão de cartões de pagamento. E connosco estará também

João Fernandes, Economista da DECO especializado em crédito.

 

Se mesmo assim ainda tiver questões, sobre estes ou outros problemas financeiros que esteja a ter, envie-nos a sua questão para cordodinheiro@sapo.pt, e a OneBiz assegura-lhe a resposta.

 

Em estúdio estará ainda Paulo Teixeira Pinto, Presidente Editora Babel, para uma conversa informal.

 

Estaremos consigo no domingo, como sempre, na N.

 

Aqui estão as rendibilidades efectivas PPR de 2009 e dos últimos 3 anos, publicida pelo ISP-Instituto de Seguros de Portugal:

 

 

O quadro comparativo abaixo apresenta informação sobre as comissões e rendibilidades dos planos poupança-reforma (PPR) constituídos sob a forma de “contrato de seguro do ramo «Vida» não ligado a fundos de investimento”. [+]

A informação disponibilizada é da exclusiva responsabilidade das empresas de seguros. Sobre o Instituto de Seguros de Portugal não recai qualquer responsabilidade referente a erros ou omissões na informação divulgada, excepto quando resultem do processo de recolha e disponibilização da informação.

 

 

 

 

 

 

Se não conseguir ver a imagem correctamente, visite a DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÃO SOBRE PLANOS POUPANÇA REFORMA do Instituto de Seguros de Portugal em: http://www.isp.pt/NR/exeres/1A4E93BA-6496-4F9F-A04F-B5E786F9871C.htm

publicado por acordodinheiro às 15:26
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Albertina Ramos a 2 de Julho de 2010 às 00:39
Parabéns pelo programa! É um oásis no deserto de programas sobre futebol...


De Rui Monteiro a 5 de Julho de 2010 às 19:33
A grande diferença pela qual não sou republicano e acredito na aclamação de um Rei é simples : no caso da república o Chefe de Estado eleito nunca é Presidente de todos os portugueses mas sim só da facção que o elegeu, caso concreto de Cavaco só 28% da população votou nele. Daí que a imparcialidade seja questionável, daí que a instabilidade governativa seja o que vemos todos os dias.
Quanto a um Rei, de 1820 a 1910 ele era eleito pelos deputados que representavam o país, se eles podem-nos representar para a eleição Lei do Aborto também é óbvio que é legítimo representarem-nos para eleger o Rei como Chefe de Estado.
Agora a pergunta mais flagrante é se vivemos mesmo numa constituição democrática, a verdade é que não vivemos a República foi imposta por uma revolução com um partido que só tinha 7% dos deputados ... sim em Monarquia havia democracia, parlamento, constituição e governo. Por isso se a republica se diz democrática tem que dar o exemplo através da Constituição e tornar o artigo 288 b) democrático e não um exemplo de falta de cultura democrática que temos no presente.
Quanto a se D.Duarte dará um bom Chefe de Estado, pelo menos é Engenheiro com curso que tirou de uma forma legítima e pouco dúvidosa como casos anterios que conheceçomos, além disso tem uma Pós-Graduação em Sociologia pela Unvirsidade de Geneve. Além disto tudo é empresário que investe o dinheiro da Fundação à qual preside, Fundação D.Manuel II.

Cumprimentos


Comentar post

.A Cor do Dinheiro

.Patrocinadores

 

PT negocios

Coloque as suas dúvidas sobre os Temas da Semana através de:

E-mail: cordodinheiro@sapo.pt

 

.Produzido por

Photobucket

.Programa

 

A Cor do Dinheiro é um magazine semanal sobre Economia, que aborda assuntos sobre poupança e investimento. É transmitido todos os Domingos, às 23h na RTPN.

.Apresentador

 

Camilo Lourenço é o apresentador do programa A Cor do Dinheiro e tem já uma larga experiência na área da economia. Foi fundador do Diário Económico e director editorial da revista Exame. Desempenhou, também, funções como editor de economia na Rádio CMR e na Rádio Comercial, e foi comentador da SIC Noticias.
Actualmente, é colunista no Jornal de Negócios e no Record e comentador da RTP e da M80.


 

 

.Votação Semanal

.Facebook

.Arquivo Audiovisual do Programa

RTP Multimédia

.Arquivo do Blog

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

.Links Úteis

DECO

 

Ministério da Economia

 

Ministério das Finanças

 

Banco de Portugal

 

Agência Financeira

 

Revista Exame

 

Jornal de Negócios

 

Diário Económico

 

Público

 

Bloomberg

 

Dossier Especial Financial Times

.Sugestão de Livro


 

 

 

Num momento em que valores como a Verdade, Humildade e Solidariedade se
encontram completamente arredados do modo como são, actualmente, governadas
as grandes empresas globais, é necessário lançar um alerta sobre a forma
pouco clara como muitos dos máximos responsáveis das grandes corporações as
têm dirigido. Este livro pretende dar a conhecer aos actuais e futuros gestores as
ferramentas para lidar com a actual crise de valores que prolifera nas
empresas globais. É preciso «humanizar» as empresas para que estas deixem de
procurar o êxito rápido a qualquer preço! Criar uma cultura de negócios mais
verdadeira, será o grande desafio para todos os futuros gestores deste
século.

De João Ermida, O Método dos Executivos do Futuro, Dom Quixote

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31