Quarta-feira, 22 de Setembro de 2010

Empreendedorismo

E porque este foi um dos nossos principais objectivos desde o início, voltamos a falar-lhe de empreendedorismo. Desta vez, fazemos um apanhado de tudo o que tem sido falado em programas anteriores: desde o plano de negócio ao financiamento, tudo será abordado neste programa, que será o último da terceira série d'A Cor do Dinheiro.

 

Em estúdio teremos dois empreendedores que nos vêm falar de todo este processo: Gonçalo Quadros, CEO da Critical Software, e Cláudia Ranito, Gestora Executiva da MedBone. E logo a seguir, Pedro Santos responde às suas questões, na rúbrica aconselhamento.

 

Na segunda parte do programa João Ermida vai analizar a Jerónimo Martins, que nos últimos meses ultrapassou o seus máximos históricos e que continua em ascensão na bolsa.

 

E finalmente, assista à conversa entre Camilo Lourenço e  Mário Ferreira, Presidente da Douro Azul e primeiro turista espacial português!

 

Náo perca! A Cor do Dinheiro, na N!

publicado por acordodinheiro às 16:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 14 de Setembro de 2010

Investimentos Seguros

Numa altura em que a economia mundial continua a ser marcada pela volatilidade e incerteza, nem toda a gente se sente segura para investir o seu dinheiro em bolsa. Se quiser saber que sinais procurar quando toca a investir as suas poupanças... não perca o próximo programa A Cor do Dinheiro!

 

Este domingo vamos dizer-lhe quais são os investimentos mais seguros em que pode aplicar o seu dinheiro até ao final do ano. E connosco, em estúdio, estará Pedro Santos e Diogo Serras Lopes, Director Investimentos Banco Best, numa conversa que promete, no mínimo, esclarecer algumas das suas dúvidas sobre este tópico.

 

E se quiser uma resposta mais personalizada às suas questões, já sabe: envie-as para cordodinheiro@sapo.pt, e António Godinho, administrador OneBiz, lá estará para as responder! Em estúdio estará ainda João Ermida que esta semana dará a sua opinião sobre os resultados da Teixeira Duarte, que no final deste ano concluirá uma importante reestruturação empresarial.

 

Não deixe ainda de ver a entrevista de Camilo Lourenço a António Coimbra, CEO da Vodafone Portugal!

 

Tudo isto num programa que todas as semanas o tenta esclarecer sobre grandes questões do mercado financeiro.

 

A Cor do Dinheiro, na N!

 

publicado por acordodinheiro às 22:29
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Segunda-feira, 13 de Setembro de 2010

Franchising “Home Based”: oportunidades sem Investimento!

No seguimento do desafio da COR DO DINHEIRO com o lema “Empreenda por favor!”, apresento um conjunto de oportunidades práticas para desenvolver um negócio em Franchising, praticamente sem investimento inicial.

 

No Franchising “Home Based” ou “Small Office/Home Office (SOHO)” o franchisado cria o seu auto-emprego, com investimento reduzido e sem custos de exploração, podendo assim maximizar os seus proveitos. Em certos casos é mesmo dispensável a criação de uma sociedade, pois é o franchisador que tem o contrato com o cliente, retribuindo à posteriori o franchisado. A loja ou escritório do franchisado é a sua casa ou as instalações do cliente, sendo o portátil e telemóvel a ferramenta de trabalho. O Franchisado pode gerir o seu tempo, conforme lhe convier, adaptando os seus horários à sua família e necessidades. O Franchisado não tem custos fixos, podendo ter uma rentabilidade muito elevada, aproveitando as sinergias da marca e apoio do franchisador.

 

No grupo Onebiz com o objectivo de apresentar soluções para os profissionais com perfil adequado, mas com menores capacidades de investimento - por razões de desemprego ou primeiros anos da carreira profissional - criamos modelos de franchising “low-cost/Home Based”, em que o franchisado trabalha a partir de casa. Neste modelo, o franchisado tem um investimento inicial de apenas 5.000EUR, em função dos materiais, software, formação e licença que recebe, podendo beneficiar ainda de protocolos bancários para financiamento desse valor. O Franchisado neste modelo está isento do direito de entrada e royalties. Em contrapartida o franchisado partilha com o master, a margem dos serviços prestados ao cliente.

De seguida apresento, quatro oportunidades de negócio neste modelo “home-based”. As marcas referidas disponibilizam também o modelo normal de franchising de loja/escritório:

 

Accive (www.accive.com): franchise na área dos Seguros, através da corretora Accive Insurance. O negócio poderá ser desenvolvido numa fase inicial a partir de casa, numa actividade de captação e promoção de seguros das melhores Seguradoras no mercado, através de uma imagem forte da corretora e com os todos os meios logísticos, de marketing e apoio para esse fim. O Franchisado, opera no mercado em representação do corretor, conseguindo enormes vantagens face à concorrência tradicional do mediador de seguros. O modelo de negócio, está assente em comissões de seguros, as quais são devidas todos os meses, calculadas em função dos contratos de seguros activos com os clientes. Após consolidação da carteira de seguros, o franchisado tem a opção de abrir loja.

 

Fiducial (www.fiducial.pt): Franchising na área da contabilidade e apoio à gestão: A Fiducial apresenta além do modelo de loja/escritório a opção de franchising low-cost, para consultores individuais. Nesta opção, o franchisado não necessita de constituir empresa, sendo os contratos de prestação de serviços e fluxos financeiros efectuados entre o Franchisador e o cliente final. Neste modelo o Franchisado, não tem quaisquer custos fixos de operação (renda, pessoal,etc), retribuindo o master 75% dos proveitos ao franchisado. Nesta opção não existem royalties, sendo o franchisador remunerado com uma parte da margem do negócio, por todos os serviços que presta e responsabilidade que assume perante o cliente final. O negócio da Fiducial é muito estável, baseado em avenças permanentes com os clientes, o que garante uma facturação crescente e risco de negócio bastante reduzido.

 

Imo24 (www.imo24.pt): Franchising na área dos serviços Imobiliários, avaliações, certificações energéticas e gestão/mediação de obras. A Imo24 funciona com lojas de rua e recentemente criou também o modelo de consultor franchisado. Neste modelo o consultor trabalha a partir de casa, elegendo para o efeito uma das áreas de serviço atrás referidas. Poderá numa segunda fase abrir loja, prestando todos os serviços, sendo que nessa fase já terá a segurança necessária para o investimento adicional no espaço e no direito de entrada.

 

Turn&Win: (www.turnandwin.com): Franchising na área da recuperação de empresas e particulares. A T&W disponibiliza além do modelo normal, a modalidade de Franchisado Consultor, o qual beneficia da equipa técnica do master no desenvolvimento dos projectos dos clientes, podendo assim focalizar-se na componente comercial. Neste modelo, sem direitos de entrada e sem royalties, o franchisado reparte com o Franchisador numa lógica de 50%/50% os proveitos dos projectos. Esta é uma actividade em franco crescimento, motivada pela situação económica e financeira da economia, empresas e particulares.

 

Com estas quatro opções de negócio, praticamente sem investimento inicial e sem restrições, o desafio está lançado: “Empreenda por favor!”. Não devem existir desculpas para não criar o negócio da sua vida. Se estiver desempregado deixe as estatísticas do centro de emprego e começar a criar valor e riqueza! Aínda tem dúvidas?

 

Pedro Santos, Administrador Onebiz


publicado por acordodinheiro às 09:56
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 7 de Setembro de 2010

Crédito Habitação

Há quem diga que esta é uma boa altura para comprar casa, e A Cor do Dinheiro não perdeu tempo: fomos investigar e no programa desta semana dizemos-lhe como estão as taxas do crédito à habitação.

 

Se precisa de conhecer as últimas notícias sobre a EURIBOR ou spreads bancários, se quer mais informação sobre o que são taxas fixas e variáveis ou se quer transferir o seu crédito habitação para outro banco não deixe de ver este programa. Camilo Lourenço vai receber na rúbrica RESPOSTAS CERTAS, José Trindade, Director de Desenvolvimento de Negócio BBVA e António Godinho, Administrador OneBiz.

 

Como todas as semanas Pedro Santos aconselha-o acerca da sua vida financeira: basta enviar a sua dúvida ou questão para o grupo Onebiz, através do e-mail cordodinheiro@sapo.pt.

 

E para conhecer as últimas do mercado, fique para ver a análise de João Ermida à empresa da semana, o Banco Espírito Santo.

 

Também na segunda parte recebemos Joaquim Cunha, Director-Executivo da Health Cluster Portugal, Director-Geral e fundador da Caso - Consultores Associados de Organizações e Informática, e Fundador da MinhoDigital!

 

Sempre a falar do que lhe interessa, A Cor do Dinheiro, este Domingo, na N.

publicado por acordodinheiro às 17:16
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

.A Cor do Dinheiro

.Patrocinadores

 

PT negocios

Coloque as suas dúvidas sobre os Temas da Semana através de:

E-mail: cordodinheiro@sapo.pt

 

.Produzido por

Photobucket

.Programa

 

A Cor do Dinheiro é um magazine semanal sobre Economia, que aborda assuntos sobre poupança e investimento. É transmitido todos os Domingos, às 23h na RTPN.

.Apresentador

 

Camilo Lourenço é o apresentador do programa A Cor do Dinheiro e tem já uma larga experiência na área da economia. Foi fundador do Diário Económico e director editorial da revista Exame. Desempenhou, também, funções como editor de economia na Rádio CMR e na Rádio Comercial, e foi comentador da SIC Noticias.
Actualmente, é colunista no Jornal de Negócios e no Record e comentador da RTP e da M80.


 

 

.Votação Semanal

.Facebook

.Arquivo Audiovisual do Programa

RTP Multimédia

.Arquivo do Blog

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

.Links Úteis

DECO

 

Ministério da Economia

 

Ministério das Finanças

 

Banco de Portugal

 

Agência Financeira

 

Revista Exame

 

Jornal de Negócios

 

Diário Económico

 

Público

 

Bloomberg

 

Dossier Especial Financial Times

.Sugestão de Livro


 

 

 

Num momento em que valores como a Verdade, Humildade e Solidariedade se
encontram completamente arredados do modo como são, actualmente, governadas
as grandes empresas globais, é necessário lançar um alerta sobre a forma
pouco clara como muitos dos máximos responsáveis das grandes corporações as
têm dirigido. Este livro pretende dar a conhecer aos actuais e futuros gestores as
ferramentas para lidar com a actual crise de valores que prolifera nas
empresas globais. É preciso «humanizar» as empresas para que estas deixem de
procurar o êxito rápido a qualquer preço! Criar uma cultura de negócios mais
verdadeira, será o grande desafio para todos os futuros gestores deste
século.

De João Ermida, O Método dos Executivos do Futuro, Dom Quixote

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31