Quinta-feira, 3 de Março de 2011

Ações Rentáveis

A situação económica que vivemos leva os investidores a fugirem ao risco do mercado acionista. Os mercados emergentes, das economias em desenvolvimento como África ou China têm perdido importância para os mercados dos países mais desenvolvidos. Mas dizem os especialistas que a bolsa é feita de ciclos: positivos e negativos, e que desde que se sigam algumas regras, é sempre possível aproveitar oportunidades do mercado.

No programa desta semana, fique a saber quais são os títulos mais rentáveis na bolsa, os setores onde deve apostar, e que critérios deve ter na construção da sua carteira de ações Para o esclarecer, estarão em estúdio Diogo Serra Lopes, Diretor Investimentos Banco Best e Pedro Pintassilgo, Diretor Gestão Carteiras Retalho F&C Portugal.

Pedro Santos e António Godinho estarão como todas as semanas em estúdio para o esclarecer sobre as suas dúvidas de finanças pessoais e empreendedorismo. Não se esqueça de visitar o sítio www.empreendaporfavor.com se quiser saber quando são as próximas conferências que A Cor do Dinheiro e a Onebiz preparou para si!

E se não ficar esclarecido, envie a sua dúvida para cordodinheiro@sapo.pt, e terá a sua resposta!

João Ermida, analista e presidente da Sartorial, também estará connosco para comentar as últimas notícias dos mercados. Não deixe de ver esta rubrica, numa altura tão importante para a economia mundial! E pode ainda ficar a conhecer os resultados da Empresa da Semana - o Banco Espírito Santo.

O investidor privado desta semana é Adalberto Campos Fernandes. O antigo diretor do Hospital de Santa Maria e ex-presidente do Centro Hospitalar de Lisboa terá certamente uma palavra a dizer acerca das despesas do Serviço Nacional de Saúde.

Tudo isto e muito mais, n'A Cor do Dinheiro!

 

publicado por acordodinheiro às 13:50
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De A:Santos a 7 de Março de 2011 às 00:13
BES empresa da semana, Deve ser por isso que a minha (ainda? ná) gestora de conta teve a lata de dizer na minha cara se pensávamos que o BES é a santa casa(?). Só se for por causa do espírito santo.

Ah! É que não conseguimos que a dita compreenda que um pedido de financiamento de equipamento fotovoltaico e eólico não é um bilhete de avião e que não são os sócios que têm que pagar o empréstimo mas sim o investimento. Ainda por cima este financiamento de 110.000 € permite aceder a 180.000€ a fundo perdido.
Mas é mais "seguro" apostar em produtos transaccionáveis como o condomínio de 250 M€. Ainda por cima com o banco público CGD.


De Helder a 16 de Março de 2011 às 12:14
Ó Camilo... não tem nada a ver mas fiquei muito desiludido consigo.
Sou sócio do sporting... um rapaz novo, com 27 anos, e nunca pensei que o Camilo fosse tão básico até porque sigo com muito interesse os seus comentários e programas.
É lamentável que tenha proferido aquelas declarações.
Estou muito desiludido consigo. Muito mesmo.
Afinal faz parte do grupo de pessoas que quer matar o Sporting. Ok, ok todos sabemos que é fanático pelo Benfica... mas até o tinha como pessoa de bom senso.
O que proferiu demonstra uma de duas coisas...
1 - Agiu de má fé... por sua iniciativa ou de terceiros.
2 - Foi incompetente... não se informou antes de proferir as declarações. Se fosse eu aceitava-se... agora um jornalista com tanto tempo de antena... é no mínimo deplorável.
Vergonhoso.
O Fundo não é nada disso que você está a dizer. Fico pasmado como é que não percebeu... sendo um homem da economia. É vergonhoso o que disse.
Os russos compram os jogadores na totalidade... o Sporting paga os salários.
Por exemplo: Compramos por 10 (100% pago pelos russos) o Sporting paga os salários e valoriza o activo. Se vendermos por 20 milhões os russos recuperam os 10 milhões que investiram mais 40% das mais valias... portanto 4 milhões. O Sporting recebe 60% por ter pago os salários e valorizado o activo. É bom para todas as partes.
Estou chocado consigo e nunca mais vejo um programa seu, oiço uma rádio onde fale e leio um jornal onde escreva.
Isto é uma vergonha! Vindo de si é uma vergonha. Eu que tanto o estimava.
Desculpe mas tinha de lhe dizer isto. A imprensa quer matar o Sporting e você é um deles. São todos uma cambada de nojentos.


De José Carlos a 3 de Maio de 2011 às 21:59
Gosto muito de ver o seu programa, acompanho sempre que posso. Gostava muito que me retira-se um quetão pela qual me interrogo:
Em relação ao criar um posto trabalho. Será que é mais vantajoso para a empresa ter um funcionário a recibo verde? E como se pode fazer para criar várias lojas da mesma marca?
Sou José Carlos e gostaria de obter uma resposta.
Muito Obrigada



De Maria Amelia a 5 de Junho de 2011 às 04:02
Para quem pode ver o progama de manhã daTVI como eu antes da crise e da Troika já conhecia o economista Camilo Lourenço que disse as donas de casa são peritas na gestão da economia e é uma grande verdade porque é o que eu sou. Trabalho em casa não tenho fins de semana mem férias. MAS SOU MUITO IMPORTANTE. OBRIGADA Sr.Camilo Loureço.


De Maria Amelia a 5 de Junho de 2011 às 04:29
Os erros ortográficos no meu primeiro comentário peço DESCULPA é a primeira vez que me registo num blog e faço um comentário.


De Maria Amelia Mascarenhas a 5 de Junho de 2011 às 04:14
Para quem pode ver o programa de manhã daTVI como eu antes da crise e da Troika já conhecia o economista Camilo Lourenço que disse as donas de casa são peritas na gestão da economia e é uma grande verdade porque é o que eu sou. Trabalho em casa não tenho fins de semana nem férias. MAS SOU MUITO IMPORTANTE. OBRIGADA Sr.Camilo Lourenço.


De Ana Mariia Nascimento a 5 de Setembro de 2011 às 17:19
Boa tarde Dr Camilo Lourenço
Eu sou uma mulher que sempre lutou e tenho um curriculum valioso, pelo o que me dizem e tb pelo o que eu senti ate ficar desempregada em 2007. Sempre respondi a anúncios além da minha obrigatoriedade que era 3 buscas mensais, cheguei a fazer mais de 15 , mas claro não vou me candidatar a médica ou a advogada...e ate hoje nada consegui. Sempre fui responsável, assidua e profissional. O que aconteceu foi o seguinte: este ano após 3 anos de subsidio de desemprego , mas sempre estive colocada no Emprego inserção colocada através do IEFP, como assistente técnica na area da contabilidade, em fevereiro desde ano terminou o prazo e passei ao subsido de desemprego social subsquente, que quer dizer passaou a ser 335.40, porque estou separada de facto, com a bolsa , o sub de transp e alimentação ganho 485,00.
Sei que não tem resposta nem emprego para mim, mas a quesaão é que eu apesar de continuar a trabalhar mas a recta final é março de 2012, tenho 300 euros de renda duma casa que uma amiga me dispensou, pago mais elect, agua e gás , pergunto eu como resisto? aé agora nada devo e não compro nada allém do essencial mas sei que em set de 2012 so terei direito a 189 euros.Tenho 34 anos de descontos, sempre cumpri, e sinto me desnorteada pois sou velha para emprego, mas nova para a reforma e problemas de saude tenho imensos, mas eu só queria um TRABALHO e não emprego. Até dou um exemplo, já estive a fazer limpezas a dias numa mansao, mas tive que sser operada , custou-me mas dava-me dinheiro. Agora ao fim de tres dias vou trabalhar pois nao quero perder a minha colocação dada pelo IEFP.
`è triiste chegar a uma idade , ser capaz de dar tudo com experiência e gosto e estar numa situação na qual não tenho esperança.
Obrigado por ouvir o meu desabafo
Ana Maria


Comentar post

.A Cor do Dinheiro

.Patrocinadores

 

PT negocios

Coloque as suas dúvidas sobre os Temas da Semana através de:

E-mail: cordodinheiro@sapo.pt

 

.Produzido por

Photobucket

.Programa

 

A Cor do Dinheiro é um magazine semanal sobre Economia, que aborda assuntos sobre poupança e investimento. É transmitido todos os Domingos, às 23h na RTPN.

.Apresentador

 

Camilo Lourenço é o apresentador do programa A Cor do Dinheiro e tem já uma larga experiência na área da economia. Foi fundador do Diário Económico e director editorial da revista Exame. Desempenhou, também, funções como editor de economia na Rádio CMR e na Rádio Comercial, e foi comentador da SIC Noticias.
Actualmente, é colunista no Jornal de Negócios e no Record e comentador da RTP e da M80.


 

 

.Votação Semanal

.Facebook

.Arquivo Audiovisual do Programa

RTP Multimédia

.Arquivo do Blog

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

.Links Úteis

DECO

 

Ministério da Economia

 

Ministério das Finanças

 

Banco de Portugal

 

Agência Financeira

 

Revista Exame

 

Jornal de Negócios

 

Diário Económico

 

Público

 

Bloomberg

 

Dossier Especial Financial Times

.Sugestão de Livro


 

 

 

Num momento em que valores como a Verdade, Humildade e Solidariedade se
encontram completamente arredados do modo como são, actualmente, governadas
as grandes empresas globais, é necessário lançar um alerta sobre a forma
pouco clara como muitos dos máximos responsáveis das grandes corporações as
têm dirigido. Este livro pretende dar a conhecer aos actuais e futuros gestores as
ferramentas para lidar com a actual crise de valores que prolifera nas
empresas globais. É preciso «humanizar» as empresas para que estas deixem de
procurar o êxito rápido a qualquer preço! Criar uma cultura de negócios mais
verdadeira, será o grande desafio para todos os futuros gestores deste
século.

De João Ermida, O Método dos Executivos do Futuro, Dom Quixote

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31